segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Buraco sem fundo

A natureza humana é imprevisível. Tão depressa estamos a olhar o sol como estamos a cair no buraco da Alice. Um buraco sem fundo e cheio de escuridão.


Não sabemos quando e se iremos atingir terra firme onde colocar os pés. Tudo é uma incógnita!

Mas há um dia em que os pés tocam o chão, onde voltamos a olhar o sol e tudo volta à normalidade.


Até que o ciclo vicioso que é a nossa vida se repita novamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário