sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Notícias que nos colocam um sorriso nos lábios


<Há mais de 20 anos que José Gutierrez trabalha na recolha de lixo em Bogotá, Colômbia. A profissão faz com que se cruze com dezenas de livros por dia. Gutierrez decidiu resgatá-los do lixo e criou uma biblioteca em sua casa que conta já com mais de 20 mil livros que coloca à disposição das crianças mais desfavorecidas, para quem os livros são um luxo.

Porque a mente também se deve alimentar.

Da minha banda sonora #90


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Ânimo

Uma pessoa acorda e verifica que lá fora está a chover. Sim, a chover em pleno Agosto!

O que faz para levantar o ânimo? Vai ver a metereologia do primeiro sítio por onde vai passar daqui a uns dias e depara-se com isto:


Aiiiiiiiiiiiiiii

Posso ir já para lá?

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Actor!

Actor é aquele que sente, o que transmite o que lhe vai na alma mas que ao mesmo tempo enverga uma máscara intransponível. Porque nem tudo pode ser partilhado com o público.

Os bons actores que conheço são pessoas marcadas pela vida. São pessoas que vivem intensamente cada momento. São aqueles que não têm medo de viver mesmo que isso signifique saírem  magoados uma e outra vez. Ou então têm medo... mas fingem que não têm! E lançam-se sem rede.

Por vezes, tudo é tão intenso que acaba por ser difícil chegar ao fim de um trabalho e dizer um "adeus" ou um "até já" (queremos sempre que seja um "até já" mas nem sempre o é).
Primeiro porque aqueles colegas que nos acompanharam durante todo o processo acabaram a fazer parte da nossa família. Segundo porque aquela personagem passou a fazer parte de nós. Simplesmente dói demais deixar a família e uma parte de nós no passado para buscarmos novas experiências.

Eu não me sinto uma boa actriz. Sinto que desabei antes do tempo. Sinto que desiludi quem me acompanhava. Ou então desiludi-me a mim mesma porque achava que tinha estrutura para aguentar mas quando me vi numa rede de emoções fortes descobri que não consigo.
Não fui capaz de dizer o tal "até já" (ou será que vai ser um "adeus"?) e arrependo-me disso desde o momento em que o fiz. Estive quase a voltar atrás mas já era tarde. A decisão estava tomada e não havia nada a fazer.
Agora é viver com essa decisão. E olhar para trás com um sorriso nos lábios e uma lágrima no olho.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Aqueles que passam por nós não vão sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós! 
(Saint Exupéry)

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Da minha banda sonora #88


Obrigada pela recomendação (you know who you are)!!

Abraços

Gosto muito de abraços, daqueles bem apertados e sentidos.
Ter quem mos dê logo pela manhã é qualquer coisa de maravilhoso! :D

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Buraco sem fundo

A natureza humana é imprevisível. Tão depressa estamos a olhar o sol como estamos a cair no buraco da Alice. Um buraco sem fundo e cheio de escuridão.


Não sabemos quando e se iremos atingir terra firme onde colocar os pés. Tudo é uma incógnita!

Mas há um dia em que os pés tocam o chão, onde voltamos a olhar o sol e tudo volta à normalidade.


Até que o ciclo vicioso que é a nossa vida se repita novamente.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Em tempos...

Em tempos tive alguém que me disse que eu tinha sempre tudo o que queria. Mas isso não é verdade. Nem sequer consigo compreender muito bem de onde veio essa afirmação na altura em que foi dita.

Tudo isto para dizer que estou aqui em indecisão sobre o que fazer no final do dia... Tinha planos alinhavados que parece que não se vão concretizar (porque não consigo convencer a outra parte), a 2ª opção que eu queria estraga ali uma série de coisas por isso também não pode ser, por isso parece que vou fazer a 3ª opção.

Na realidade não era o que eu queria... mas é o que posso fazer.

Em modo serviço público de divulgação de cultura #106

4 e 5 de Setembro, Avenida dos Aliados, Porto

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

É tão isto!

"Mereço alguém que não abandone a conversa mesmo quando não mais tiver assunto pra continuar. Alguém que faça questão de sentar ao meu lado, que reverse o olhar, o abraço e a vida pra mim, que sempre encontre um espaço e um tempo pra me encaixar mesmo que a rotina seja bagunçada e o tempo curto demais. Alguém que saiba que amar não é obrigação, que zelar é um gesto importante e que o amor não se acaba com os erros. Alguém que tenha paciência comigo, que aceite o meu atraso porque sempre fui indeciso em escolher a melhor roupa pra não fazer feio. Alguém que me faça bem, que me tire da cama e me apresente aos lugares, aos amigos e ao mundo. Alguém que acaricie minha nuca e que, ao mesmo tempo em que me olha, diz com um só sorriso que sou importante sim. 

Alguém que não tenha vergonha, nem orgulho, que some e não suma, que fique e não desapareça. Alguém que encontre nos piores momentos uma lição, e que nos melhores momentos encontre sempre um bom exemplo pra melhorar nossa relação. Não mereço alguém que não sabe o que quer, mereço alguém com certezas. Mereço alguém que seja sincero comigo e principalmente, que se entregue por inteiro porque eu não estou aqui pra receber metade de ninguém. 

Alguém que chegue logo, que sempre adie a hora de ir, que fique pra agora e que vá só depois que a saudade se acalmar só um pouquinho. Alguém que não desista de mim e que me faça sentir que sou realmente importante e necessário."

Lido aqui.

Da minha banda sonora #85


A dançar logo pela manhã!
BOM DIA!!!!!!