sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Pode até parecer...

Às vezes parece que este blog anda meio ao abandono quando comparado com outros tempos... mas o problema é que, ultimamente, começo a escrever e é raro conseguir acabar.
Se vos disser quantos rascunhos tenho aqui e quantos ficheiros com textos inacabados tenho espalhados pelos meus meios de armazenamento, vocês não se iriam acreditar.

Acho que vou olhar para a lista e ver se me inspiro para acabar qualquer coisinha...

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Qual a melhor forma de não dar pelo tempo passar?

Pensar nas férias de Verão e ter a brilhante ideia de planear um itinerário com (nada mais, nada menos) 5 voos para cerca de 15 dias de viagem.

E depois disto... vou dormir!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Eh lá!

Já uma pessoa não pode vestir uma saia um "bocadinho" mais curta e é logo assediada pelAs colegas de trabalho... :D

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Maquilhagem

Eu? A dar dicas de maquilhagem? Preparem-se que o mundo vai acabar...

Estão a ver aquele produto que muitas vezes pensamos (pelo menos eu pensava) que não resulta, que é apenas um mero truque de publicidade?

Pois bem... ontem fui a uma loja muito conhecida de maquilhagem (não, não vou fazer publicidade) porque queria comprar um pincel próprio para fazer umas experiências.
Entrei na loja e fui interpelada por uma funcionária. Coitada! A rapariga devia estar mesmo a precisar de vender já que me mostrou a loja INTEIRA. (e eu estava com paciência e não rosnei como habitualmente)
Uma das coisas que ela me aconselhou a usar foi um primer para sombra de olhos. Disse-me a moça que eu ia notar muita diferença.
E eu olhem... trouxe mesmo o produto para casa (mas deixei lá o pincel, as experiências vão ter de esperar).
Hoje de manhã toca de experimentar... e não é que aquilo dá mesmo resultado!!!! A sombra que costumo colocar e que, chegando ao fim do dia, já não se vê vestigio... hoje estava na pálpebra praticamente intacta após quase 10 horas desde a sua aplicação!

Por isso minhas amigas.... toca a irem comprar primer para sombra de olhos (se é que eu não fui a última pessoa a descobrir esta maravilha).

Opiniões

Sim, eu tenho opinião sobre o estado do nosso SNS e sobre os médicos e enfermeiros que nele trabalham.

Sim, eu também tenho opinião sobre os atentados em Paris, sobre os cartoons satíricos, sobre a liberdade de expressão e sobre o Charlie Hebdo.

Mas sabem que mais?
Deixem as coisas acalmar e depois eu escrevo sobre esses assuntos. Pode ser?

Mistérios da natureza

Como disse no post anterior, passei uma grande parte do ano de 2014 doente.

Ele foram gripes daquelas bravas com febre alta, dores no corpo, má disposição, garganta inflamada, antibiótico e tudo a que uma gripe pode dar direito.
Ele foram inflamações várias e a desenvolverem-se enquanto tomava antibiótico seguido de outro
antibiótico. Estive 3 semanas a tomar antibiótico praticamente sem interrupção… pelas mais
variadíssimas razões! Acabava um, ia ao médico por outra maleita e toca de tomar outro diferente
porque nitidamente o anterior não tinha atacado o que era necessário atacar.
Ele foram contraturas musculares com direito a relaxantes musculares de tal forma “potentes” que o farmacêutico quando mo vendeu só disse “não tome isto mais de 3 dias! se mantiver os sintomas, vá novamente ao médico”.

Fazendo um balanço por alto:
* tomei, pelo menos, 4 antibióticos diferentes (é raríssimo eu tomar antibiótico),
* perdi a conta ao número de analgésicos ingeridos,
* e de pomadas aplicadas,
* também perdi a conta dos médicos que consultei entre centro de saúde, consultórios, hospitais
privados e hospitais públicos,
* no final do ano tive direito a operação com internamento e tudo (foi só assim para acabar o ano em grande).

O interessante no meio disto tudo é a diferença para 2015. Quer dizer, não necessariamente para o ano de 2015 (esse ainda é imprevisível) mas para a temporada de Outono/Inverno de 2014/2015.
Acho que não estou a exagerar se disser que toda a gente à minha volta já teve uma constipação ou uma gripe ou uma dor de garganta ou qualquer coisa típica desta época do ano. Acrescento que, pelo menos 1 vez por semana (com os feriados foi mais), tenho de ir a uma urgência hospitalar para fazer um serviço de enfermagem. Ou seja, estou sujeita a um ambiente contaminado de forma muito regular…

E o que posso dizer quanto ao meu sistema imunitário? Está a funcionar na perfeição! Nem uma
tossezinha para me queixar de estar doente, nem um pinguito no nariz, NADA!

Espero que este seja um bom presságio! É que entre as minhas maleitas e as maleitas dos que me
rodeiam, o ano de 2014 não foi lá muito amigo

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Fim/ início de ano bla bla bla whiskas saquetas!

Dizem que, chegando ao último dia do mês de Dezembro, o ano muda e por isso devemos fazer um balanço do ano que acaba e uma lista de objectivos a atingir no ano que se inicia.

Como até sou uma moça bem mandada vou fazer qualquer coisa que se assemelhe com isso.

Ora então, quanto ao ano que ontem terminou:
* foi um ano com altos e baixos;
* participei em projectos de teatro e reacendi uma chama que se encontrava adormecida;
* estive doente uma grande parte do ano;
* fiz 3 viagens "grandes" (Madrid, Londres e Punta Cana);
* saí do continente europeu pela primeira vez na vida... e foi logo para atravessar o Oceano Atlântico;
* não cumpri com a minha promessa de passar o aniversário longe porque nesse dia estava tão doente que o passei de cama completamente "drogada";
* redescobri que o meu coração não é feito de pedra;
* comprovei que sou muito mau feitio (e tenho de admitir que quem me atura merece um lugar num sítio bom);
* li e escrevi muito pouco.

Quanto ao ano que hoje inicia:
* quero ter saúde;
* quero regressar às aulas de teatro (com a complicação que tem sido a minha vida nos últimos meses, estou desde Setembro para o fazer e ainda não consegui);
* quero regressar ao ginásio (nunca pensei que ficar parada me custasse tanto);
* quero ir tirar um curso de teatro em Londres;
* quero passear pelo meu país;
* quero cumprir com a promessa de passar o meu aniversário num qualquer local longe (para já as possibilidades são Paris, Praga, Funchal ou Ponta Delgada);
* quero ler e escrever mais.

Basicamente quero fazer tudo aquilo que me faz uma mulher FELIZ!!!