quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Ode ao senhor simpático com quem me cruzei algures entre as 21h e as 00h da noite de hoje

Compreendo que toda a situação fosse muito apetecível. Que o senhor foi tentado e as suas mãos não aguentaram a tentação. 

Mas sabe o que lhe desejo seu c*brão, filho da p*ta?
Desejo que se engasgue (e não tenha assistência médica) com a m*rda dos €20 que me subtraiu.... não pela quantia em si mas pela p*rra da chatice a que obrigou!

E a quem achar que estou a ser excessiva.... experimentem serem roubados e terem de cancelar todos os cartões bancários que têm (mais os custos que isso acarreta) juntando a isso todos os documentos (cartão do cidadão, carta de condução, etc.) que possuem. "Percam" horas de sono na esquadra da policia a fazer queixa e a fazer o cancelamento de todos os cartões possíveis e imaginários.
Só depois disso é que podem dizer se estou a ser ou não excessiva.

Já agora, por via das dúvidas, já espalhei sal grosso na porta de casa.... estou farta de mau olhado!

Sem comentários:

Enviar um comentário