sábado, 26 de julho de 2014

Da minha banda sonora #74



Da minha banda sonora #73


Do ginásio!

Por vezes tenho a sensação que, para além de ir desgastar o corpo, vou para o ginásio aprender a contar ao ritmo da música!
 
1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8
1, 2, 3, 4
1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8
1, 2, 3, 4
 
1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 6, 5, (pronto já me perdi vamos lá retomar outra vez)
16, 15, 14, 6, 7, 8, (já fui outra vez)
1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16 (yeaaahhhhh! desta vez consegui)

Compras online

Aqui há uns tempos comprei um artigo num site estrangeiro. Dava um determinado dia como data prevista para a entrega. 1 dia ou 2 antes da entrega recebi a informação de que não seria possivel cumprir com a data prevista... pelo que me ofereciam um vale de desconto no valor de $5 (sendo que o valor do artigo foi inferior) para me compensarem pelo atraso na entrega.
 
Há pouco tempo comprei um outro artigo num site português. Chegou a data prevista para a sua entrega e a encomenda ainda se encontrava com o estado "a processar". Entrei em contacto com o site e foi-me dito que tinha havido um imprevisto e a entrega estava atrasada. Passou uma semana e não recebi mais nenhum contacto por parte do site.
Tornei a entrar em contacto a solicitar informações e foi-me transmitido que imprevistos acontecem e não querem defraudar ninguém. Aqui já me perguntaram se eu queria a devolução do valor (mas eu também dei a entender no contacto que queria a situação resolvida).
 
Eu não estou a dizer que alguém me quisesse enganar... mas sendo que houve um atraso da parte do site (no outro o atraso foi mesmo no transporte) e ninguém se dignou sequer a entrar em contacto para dar uma satisfação que fosse, confesso que não gostei da atitude! [ainda por cima ao verificar o histórico de contactos verifiquei que isso já me tinha acontecido no inicio deste ano... mas o artigo acabou por chegar pouco depois]
Por isso, depois não me venham dizer que não se dá a oportunidade aos portugueses e que só queremos coisas estrangeiras.
O problema é que os portugueses não sabem lidar correctamente com os seus clientes de forma a promover a fidelização... enquanto os estrangeiros são eximios nisso!

segunda-feira, 21 de julho de 2014

L., this one is for you!

Quem tem amigos assim, tem tudo!

És uma croma mas eu gosto da tua cromice, 'tá bem?

*chuack*chuack*

É hoje!

:)

Das leituras

Sou uma ávida leitora.
Sempre fui e sempre serei, embora tenha alturas de menor vontade (por exemplo, neste momento estou a passar por uma fase em não me apetece fazê-lo).

Gosto de vários estilos... mas um que me cativa particularmente é o "romance histórico".
Vários são os autores que o escrevem mas, como em tudo, há alguns melhores que outros.
Um autor que me cativa particularmente é o Ken Follett.

Desde que li o Pilares da Terra que sou fã. Não li todos os seus livros (nem para lá caminho... é que o homem é uma máquina que escreve livros à velocidade da luz e eu descobri-o já "tarde") mas de vez em quando lá vem mais um livro dele para encher a minha estante.

Em Setembro de 2010, este autor lançou o 1º livro de uma trilogia: o Fall of Giants (perdoem-me os puristas mas este li-o em  inglês por isso o título tem de ser na versão original).
Ficou a promessa que em Setembro de 2012 seria lançado o 2º e em Setembro de 2014 o 3º.
A promessa foi cumprida e eu corri para as prateleiras da livraria no dia do seu lançamento. Mais uma vez li o Winter of the World em inglês.

E hoje lembrei-me que o lançamento do 3º livro está para breve. Já fui ao site oficial e o 3º e último livro da trilogia do Século (Edge of Eternity) será lançado no dia 16 de Setembro.
Sendo assim, tenho de reler os anteriores em preparação para o dia do lançamento... e já vou marcar esse dia na minha agenda! Podem ter a certeza que nesse dia vou correr para as livrarias!

quinta-feira, 17 de julho de 2014

O melhor do meu dia #5

(de ontem)

Conhecer uma pessoa. Tomar um café. Ter uma conversa interessante.
Just that!
Os prazeres não se medem em quantidade mas sim em qualidade.

Desilusão!

Quando fui a Londres, tive de ir à loja de M&M's. Ia com o intuito de provar estes pequenos chocolates que "derretem na boca mas não nas mãos" de diferentes sabores.
Qual não foi o meu espanto quando percebi que não tinham grande variedade. Os mais diferentes do habitual que lá encontrei foram as variedades "crunchy" e "chocolate preto com amendoim". Gostei bastante da 2ª mas não era assim tão diferente do habitual.

Resumindo fiquei muito desiludida com a loja.... era só merchandising e pouco chocolate! :P

No outro dia andava na baixa do Porto e entrei na loja com produtos americanos que existe por lá.... e lá encontrei M&M's de vários sabores!!! Confesso que não comprei nenhum porque nesse dia estava tão mal disposta que não me apetecia sequer pensar em comer... mas fiz a promessa a mim mesma que vou voltar para comprar um pacote (dos pequenos) de cada sabor que eles lá têm.

domingo, 13 de julho de 2014

Rituais religiosos

Já que tenho tenho o arraial montado aqui por estas bandas, hoje durante a tarde decidi sair de casa para ir ver as vistas.

Saí de casa...dei uma volta pela feira (é mais pequena do que estava à espera) e dirigi-me à igreja. Como nunca lá tinha entrado (sim, moro a escassos metros de uma igreja e nunca lá tinha entrado) pensei que seria uma boa oportunidade se a porta estivesse aberta.
Ao ir nessa direção percebi que iria estar aberta de certeza! Estavam a organizar uma procissão.

Vários andores na rua, muita gente....

Não liguei grande coisa... segui a minha vidinha e entrei na igreja.
Nada de mais a registar.... É simples como eu gosto.

Ao sair da igreja, como esta fica num alto, percebi melhor o que se estava a passar. Estavam a montar a procissão. Havia um entroncamento, de uma rua vinham os andores da outra rua vinham os figurantes vestidos a preceito. Havia anjinhos, nossas senhoras, Cristo, etc. até um mini-cardeal!
E ali fiquei... a observar aquele ritual. Só conseguia pensar na quantidade de dinheiro que foi esbanjada para montar tudo aquilo... porquê? Porque a igreja  católica continua a insistir nestas demonstrações vãs em vez de colocar em prática os ideais que, supostamente, são a sua base?
Fiquei até ao finalizar da procissão. E, para mim, essa foi a pior parte! No fim ia (presumo) o pároco da igreja. Ricamente vestido e na sombra de um estandarte seguro por, pelo menos, 6 pessoas (mas qual membro da realeza se passeava por aquela rua) e rodeado por mais umas quantas beatas.
Presumo que aquela figura que vi hoje seja a que, próximo do Natal, se lembrou de pedir a oblata. Só tenho a dizer que cada vez menos simpatizo com essa figura!

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Eh pá! Mais nada?

Agora são os aparelhos electrónicos à minha volta.

Há uns dias o telemóvel começou a passar-se! Não me deixava abrir umas mensagens... lá o desliguei e tornei a ligar e a coisa foi ao sitio.
Ontem foi o portátil de casa. Começou a passar-se! Não me deixa fazer 2 coisas diferentes ao mesmo tempo ou fica lento lentinho. Tentei (novamente) a técnica "on/off" e não adiantou... já ando a pesquisar máquinas novas mas ainda vou deixar passar uns dias para ver se aquilo atina.
Hoje é o computador do trabalho... estou a escrever e as letras só aparecem "meio ano" depois.

Arre!

Leiam!


Gostei especialmente do #7!

terça-feira, 8 de julho de 2014

Hoje voltei!

Hoje voltei ao ginásio depois de 3 semanas parada... e ainda sem saber muito bem quais as limitações que as minhas questões físicas me podem trazer. (obrigada ao instrutor que no inicio da aula me veio perguntar se eu estava com alguma limitação... é fácil perceber quem anda atento)

Fiz a aula conforme pude e sem pensar em me levar ao limite! Hoje não era o dia para me levar ao limite... hoje apenas me queria mexer!
Passados 15 minutos da aula ter começado, eu já estava a olhar para o relógio. Estava ofegante e sentia-me completamente descoordenada. O instrutor dava um pontapé e eu simulava um murro, só para perceberem o quão lento estava o meu cérebro.
Fiz os quase 60 minutos. Parei muitas vezes por não saber a quantas andava... mas não importa! Levantei o rabo e "fiz-me à vida". No fundo, isso é que é o importante... o resto logo virá!

Planos, plano, planos

Eu sou moça de planos.... gosto de pensar com antecedência sobre o que vou fazer. Planeio os meus tempos livres, por vezes, com meses de antecedência. Mesmo que depois as coisas não saiam direitinho como eu as planeei... isso não me chateia por aí além.

Mas francamente! Isto no últimos tempos tem sido simplesmente demais! É que não estamos a falar de alterações de circunstância... estamos a falar de ter de CANCELAR tudo o que tinha planeado. Vezes e vezes sem conta.

No próximo fim-de-semana estava a pensar simplesmente ficar no relax. Descansar, apanhar um solinho (se o S. Pedro deixar) e mexer pouco  mais que uma palha.
Hoje, ao chegar a casa, percebo que isso vai ser impossível! Hoje percebi que estão a montar os enfeites, as barracas de farturas, pipocas, algodão doce, cachorros e tudo o que puderem imaginar. Imagino que uns metros à frente já devem estar a preparar o palco....
É que este fim-de-semana é o arraial cá da terrinha e adivinhem onde é que o "circo" é montado.
Pois, acertaram! Bem em frente ao meu prédio! Lembro-me que o ano passado, durante a noite, eu nem conseguia ouvir os meus próprios pensamentos dentro de casa....
Acho que já deu para perceber que os meus planos de descanso já foram pelo ralo abaixo!

Chiça que até para descansar é preciso ter  sorte!

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Da minha banda sonora #71


Séries

* sempre que vejo Cult fico com a sensação que é o parente (muito) pobre de The Following (que continua simplesmente fantástica);
* Resurrection baseia-se na Les Revenants mas a história é diferente (e ambas são igualmente boas);
* eu gostava muito de Glee... agora acho que está tão aborrecido (ok, já deu uma reviravolta.... mas aquele tipo de série não pode depender do elenco. a continuar assim não dura muito mais tempo);
* as 2ªs temporadas de Bates Motel, Orphan Black e The Americans estão fabulosas!

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Finalmente!




Foi preciso chegarmos à celebração do episódio 100 para me porem outra vez a cantar!

Já disse que não gosto de tomar medicamentos?

Lembram-se da 2ª dose de antibiótico que eu estava a tomar? A tal que era a 3ª dose do ano?

Ainda não a terminei e já tenho outra dose em cima da mesinha de cabeceira! Arre que é preciso ter sorte!!!!

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Quem nasce lagartixa nunca chega a jacaré

Ao fazer uma ronda por vários blogues (uns mais conhecidos que outros) chego à conclusão que há por aí muita lagartixa que quer ser jacaré à viva força.

Pelo menos eu sei que sou minhoca (nem lagartixa me considero) e não quero mudar isso...

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Rendida!

Em primeiro lugar quero dizer que acho este homem lindo. Sempre achei... desde que ele começou a ser conhecido (se não me engano num daqueles reality shows que pupulavam a grelha televisiva da altura).
Mas eu não sou daquelas pessoas que baba com os famosos... por isso, sei que ele andou a fazer umas coisas em televisão (nem sei muito bem o quê) e sei que se tornou apresentador do Querido, mudei a casa (acho que ainda é).

Por isso, a minha reacção quando me deparei com este vídeo, o comecei a ver e percebi que ele é autor de livros e life coach foi WHAAAAAAAAAAATTTTTTT!!!???


Em segundo lugar, aquela voz.... meu Deus, aquela voz! (pronto, este ponto acabou aqui)

Em terceiro lugar, bastou-me ouvir os primeiros segundos para perceber que ia gostar muito da resposta do Gustavo. Porque concordo em pleno. Porque a primeira pessoa que devemos amar e respeitar é a nós próprios... e, sendo assim, não faz sentido nenhum "esperar pelo amor". O amor tem de estar sempre connosco! Todos os dias e a todas as horas.

E pronto, este homem que, como já disse, sempre achei lindo... neste momento subiu muito a parada cá por estes lados.