sábado, 14 de junho de 2014

Juízo!

Começo logo por explicar que, de fábrica, apenas vim com metade do juízo.
[o dentista que me mandou fazer a minha 1ª orto transmitiu-me que eu apenas tinha dentes do siso - aka juízo - do lado esquerdo... o lado direito era completamente desprovido de tal característica]

Quer dizer, tiveram os meus pais 15 anos a treinar para me fazerem e acabaram por me fazer com defeitos... ora só com metade do juízo, ora com pouca cartilagem no joelho direito [pensando no assunto, os defeitos são, de forma consistente, no lado direito... direi que esse lado foi descurado?]

Quando o siso superior deu sinais de querer ver a luz do dia [se bem que não sei exactamente que quantidade de luz é que estaria a contar ver], teve de ser imediatamente arrancado. Era isso ou ficava com o maxilar superior completamente "desarranjado" já que não tenho nem um milímetro de espaço livre!

Pouco antes do Natal de 2012, percebi que o siso inferior estaria a querer nascer [eh pá, com a quantidade de dores que tive nessa altura era capaz de ser difícil não ter percebido tal].
A minha dentista cortou-me a gengiva já que o dente não estaria a conseguir fazê-lo e fiquei bem.
Até esta semana! Comecei com um desconforto nessa zona, algumas dores [ou eu tenho uma tolerância muito grande ou foram mesmo só dores muito ligeiras],... lá tentei marcar consulta com a minha dentista mas aquela senhora é mais requisitada que sei lá o quê e simplesmente não consegui.
Hoje fui a um dentista que basicamente olhou para a minha gengiva e determinou que este juízo só irá sair com ajuda externa... e vai sair de forma permanente!

Por isso, é oficial..... a partir da próxima terça-feira à noite serei uma pessoa completamente desprovida de juízo!!!

Se com um quarto de juízo na boca, já sou como sou... mi aguardem que agora vou ficar sem juízo nenhum!

Sem comentários:

Enviar um comentário