segunda-feira, 7 de abril de 2014

Familia

Tenho uma família que nunca mais acaba. Tios e primos e segundos primos e....
Bom, a coisa é tão complicada que nunca consigo contabilizar exactamente o tamanho da minha família (seja materna seja paterna). Já para não dizer que o facto de ter vivido a vida inteira geograficamente longe de todos também não ajuda.

Ontem recebi um convite de FB de uma pessoa.... a minha 1ª reacção (é sempre a minha reacção) foi "eu não conheço esta pessoa" mas abro o perfil para ver antes de responder. E vai daí, percebi que quem me tinha mandado o convite é uma prima minha. Filha de um primo direito (mas mais velha que eu, don't ask for details). Moça que eu já não vejo há..... sei lá, uns 15 anos (isto é uma estimativa muito estimada mesmo porque efectivamente não me lembro de quando foi a última vez que a vi)!!!!
Lembro-me de ser miúda e, quando íamos a casa dos meus primos, ir com ela e com os amigos para o café ou então ficarmos no quarto dela à conversa.

Resumindo, é uma pessoa por quem tenho carinho mas de quem, de certa forma, tinha perdido o rasto.
Por isso, obrigada FB pelo serviço público que estás a prestar-me! (não é a 1ª pessoa da família com quem reato contacto graças ao FB)

Sem comentários:

Enviar um comentário