terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Meu amor!

Onde páras, meu amor?
Porque foges de mim? Porque te escondes atrás de uma máscara de luz?
Não percebes que sem ti não sou nada? Não vês que, ao te distanciares, só aumentas a minha vontade de estar ao teu lado?

Não vás! Junto a mim está um lugar vazio que te pertence... só a ti e a mais ninguém!
Como não compreendes que aqui é o teu lugar? Como podes achar que, alguma vez, este lugar poderá pertencer a outro?

Vem ter comigo e senta-te ao meu lado. Preenche o meu coração com as tuas palavras. Toca a minha pele com o teu sussurro. Passa os teus dedos na minha alma e irás perceber que sou tua e apenas tua! E nunca, mas nunca poderei ser de mais ninguém!

Sem comentários:

Enviar um comentário