quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

João #0

Nome de menino, nome de homem.
É o teu nome. O nome que os teus pais escolheram para ti.
Não te consegues imaginar com outro nome nem consegues imaginar como há outras pessoas que têm o mesmo nome que tu.

João és tu e mais ninguém.

És filho, irmão, primo, amigo, conhecido, colega de trabalho,... Serás marido, pai, avô, ...
Tens nas mãos a possibilidade de escolheres o que queres ser na vida porque o limite é o horizonte que os teus olhos alcançam. Tens a possibilidade de escolheres ser feliz e não poderás escolher qualquer outra solução.
A imaginação não tem limite para o que podes ser... quando o quiseres ser!

Por isso, olha em volta, e descobrirás todo um mundo de possibilidades!

2 comentários:

  1. Gostei muito... Com excepção da parte do "ninguém me vai mudar" (é a minha deformação profissional a falar mais alto)!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O "ninguém me vai mudar" é no sentido em que só eu (ou que eu autorizo) é que posso mudar... os outros, por mais que tentem, não podem mudar-me "só porque não preencho os requisitos".

      Eliminar