sábado, 1 de fevereiro de 2014

Horóscopo

CÂNCER 
Eu quero que você lembre das nossas conversas, que pense no que deveria ter dito, no que deveria ter feito. Eu preciso que você fique comigo, preciso de você, preciso que você precise de mim. Preciso que você prometa que sempre vai me amar e que nunca largará minha mão. 
No amor 
Lembre-se que, um canceriano confia no que você diz. Por isso, pense antes de falar com ele pois se magoa facilmente e não demonstra. Procura alguém que seja alegre mas não seja exigente demais e precisa de alguém prático que organize sua vida.

Não sou daquelas pessoas que vai ler o horóscopo numa qualquer revista e acredita piamente no que lá está escrito.
Sou mais daquelas que vai ler (quando me apetece) e se ri quando são coisas completamente estapafúrdias ou reflecte sobre aquelas palavras quando até fazem sentido tendo em conta a pessoas que sou.

E estas palavras que estão lá em cima, retiradas de um qualquer horóscopo que habita por essa net fora, fazem sentido e deixam-me a pensar.
Eu sou a romântica  incorrigível que acha que no amor devem existir promessas recheadas de conversas e mãos dadas. Eu sou aquela que confia nas palavras que me são ditas e que, quando não são cumpridas, as "atira à cara" da outra pessoa (como se isso adiantasse de alguma coisa... quem não tem carácter também não tem palavra).
Eu sou aquela que precisa de alguém alegre, alguém que me "puxe para cima". Não que eu não tenha forças para me levantar... mas o peso que me puxa para baixo é demasiado e combatê-lo sozinha é uma coisa, combatê-lo multiplicado por dois é demasiado!

Está visto que faço juz à generalidade do meu signo... e, aqui me confesso, gosto de ser caranguejo!

Sem comentários:

Enviar um comentário