quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

De que serve forçar situações que não existem de forma mútua? Quando há, nitidamente, uma das partes que não quer, porquê insistir? Só gera desconfortos e constrangimentos.
Não quer? Paciência! Segue em frente porque há-de haver quem queira. Pode não ser hoje, nem amanhã, nem depois.... mas algures no tempo vai haver quem queira e o importante é saber ser paciente!

Este é o meu lema neste momento.... é a minha forma de vida! E desde que percebi isso, desde que percebi que não é por sentir algo por alguém que isso é mútuo e correspondido, sou tão mais feliz! Se tenho vontade com estar com alguém... faço sugestões. Se aceitam, óptimo! Se não aceitam, óptimo na mesma e não ando constantemente a "chover no molhado". Há que perceber os meus limites e os limites de quem me rodeia.

Eu sei que às vezes sou "mau feitio" (sim, L. estou a admitir que sou mau feitio) e posso até ser interpretada de forma errada porque as coisas me saem de forma mais brusca. Mas acreditem que isso só acontece quando já me andaram a encher o saco e eu estou a rebentar pelas costuras!

Tudo isto para dizer.... não cansem quem vos rodeia quando os sentimentos dos outros não correspondem às vossas expectativas.
A vida pode ser tão leve e despreocupada se levarem as coisas assim... acreditem, eu sei do que estou a falar!

Sem comentários:

Enviar um comentário