quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Dualidade de sentimentos

Se por um lado fico muito contente por saber o que os outros pensam (de bem) de mim, por outro fico triste por saber que, ainda assim, não atingi todos os requisitos necessários.
Lá está, não fui "boa o suficiente".

Provavelmente o melhor era mesmo não saber nada. Se assim fosse, não estaria com esta batalha interior!

Sem comentários:

Enviar um comentário