Avançar para o conteúdo principal

Em modo serviço público de divulgação de cultura #24

Recitais Ciclos de Música

Janeiro a junho de 2013 | Vários espaços municipais | Entrada Livre (até ao limite da lotação das salas)

Museu Romântico da Quinta da Macieirinha 
«Novos Cantos, Novas Cartas» | Rua de Entrequintas, 220 | 17h30
Programa
13 de abril
José Corvelo – Barítono | João Queiroz – Piano
Leituras*
11 de maio
Job Tomé – Barítono | Serghei Covalenco – Piano
Leituras*
8 de junho
Paulo Ferreira – tenor | Arminda Odete Barosa – Piano
Leituras*
*(excertos das «Cartas Portuguesas» de Soror Mariana Alcoforado e das «Novas Cartas Portuguesas» de Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa)
Mais info: www.cmsilvamonteiro.com

Teatro do Campo Alegre«Novos Talentos em diálogo com Rute Pimenta» | Rua das Estrelas s/n | 22h00
Programa
25 de abril
Ana Ferraz – Flauta
Flávia Valente – Flauta
Tomás Matos – Piano
31 de maioAna Rita Oliveira – Flauta
Manila Santini – Piano
21 de junhoFernando Costa – Violoncelo
Luis Costa – Piano
Mais info: www.tca-porto.pt | www.cmsilvamonteiro.com

Quinta de Bonjóia«À descoberta da Música e dos seus Intérpretes» | Rua de Bonjóia, 185 | 17h30
Programa
27 de abril
Orquestra de guitarras
Curso de Música Silva Monteiro
25 de maio
Bolo de Arroz
Porta 27 – Companhia de Teatro
22 de junhoHistória do Tango
André Gamelas – Violino
Francisco Berény – Guitarra
Oscar Rodrigues – Guitarra

Palacete Visconde de Balsemão«Um Recital e Uma Obra de Arte» | Praça Carlos Alberto, 31
Programa
6 de abril
Sara Braga Simões – Canto
Hélder Barbosa – Clarinete
Luisa Caiano – Piano
Eugénio Amorim – Comentador
4 de maioJaime Alvarez – Contrabaixo
Álvaro Teixeira Lopes – Piano
Ricardo Vilares – Comentador
1 de junho
Lusitanae Ensemble/ CMSM (dedicado ao Dia Mundial da Criança)
Eugénio Amorim - Comentador
Uma organização da Câmara Municipal do Porto através do Pelouro do Conhecimento e Coesão Social e do Curso de Música Silva Monteiro

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Hoje escrevo-vos com o coração

[e publico para o mundo inteiro ver... porque há coisas que o mundo não precisa de saber mas há outras que preciso tirar de dentro do peito]

Há 4 anos atrás descobri que vinha sendo enganada pela pessoa que amava. Durante uns dias hesitei mas acabei por tomar a decisão mais dificil que alguma vez tomei: decidi que não queria mais aquela pessoa na minha vida. 
Psicologicamente estava de rastos... só eu sei o que passei, nesse último ano, nas mãos da pessoa que me tinha feito promessas vãs.

Das últimas conversas que tivemos ele disse-me que iria apagar o seu perfil de Facebook. Para eu não achar estranho... que essa decisão nada tinha a ver comigo, que era ele que precisava de o fazer apenas por si próprio.
[sim, eu lembro-me dessa conversa como se tivesse acontecido há 2 minutos atrás.... o raio da memória nesse tempo ainda era grande, enorme. 
hoje em dia é uma titica e quase não me lembro do que fiz hoje de manhã]

Tudo muito certo até eu descobrir, meses mais tarde, que quando ele me disse…

Acho que preciso esclarecer

A quem não convive comigo diariamente... Não me interpretem mal!

Eu segui e sigo em frente todos os dias. A pessoa a quem me refiro no post anterior é passado e não possuo qualquer sentimento por ele... nem sequer ódio.
As recordações do tempo que passamos juntos são-me completamente inócuas. Foram vivências e apenas isso.

A irritação que vos transmiti... eu diria que acontece de ano a ano e, lá está, apenas porque sinto que há ali um poder sobre mim. E se há coisa que eu não gosto é que tenham poder sobre a minha pessoa.

[eu sei que pareço calminha e, por vezes, até submissa.... mas é algo que não sou mesmo!]

Ia chamar este post de "homossexualidade" mas o que vou escrever é mais abrangente que isso

Acabei de ver o excerto do vídeo em que 2 jogadores do Sevilha, ao celebrarem a sua vitória contra o Benfica, se beijam.

Não sei se são heterossexuais, homossexuais ou bi e sinceramente não me interessa particularmente qual a sexualidade de duas pessoas sobre as quais nunca tinha ouvido falar a não ser há umas horas atrás.
Mas já que vou opinar, não me pareceu que aquele beijo que tenha sido algo "novo" entre eles... foi um beijo de quem se beija dessa forma, ou seja, não houve aquele momento surpresa. Sendo que isso não quer dizer absolutamente nada quanto à sexualidade de ambos.

E agora voltando ao que me levou a pensar escrever este texto.
Lembro-me de, não há muito tempo, ter visto uma notícia que divulgava o primeiro jogador de futebol a assumir-se como homossexual. Penso que ele era alemão... ou então jogava num clube alemão, já não sei muito bem. Lembro-me que nessa altura pensei que ele não poderia ser o único homossexual nesse meio. O problema é que o futebol é um d…