quarta-feira, 29 de maio de 2013

Look que me assenta na perfeição #4


Look que me assenta na perfeição #3


E agora quem é que dorme?

Se o recital correu bem? Tendo em conta que eu não quero saber, curti imenso o momento e tal e tal.... sim, correu!
Se me perguntarem se cantei bem, eu sou da opinião que cometi montes de erros e saiu tudo ao lado. (e aqui viriam montes de pessoas dizer que não, que cantei muito bem... mas eu ainda estou para ver a prova física de que isso foi mesmo assim)

E depois temos outra parte que gostei bastante... a parte em que me chamaram "brasa" e "gata" e outras coisas que tais. Sim, essa parte correu especialmente bem.... Quando estava em processo de preparação, tive alguém que me disse que eu ia ser "raptada" esta noite. Afinal parece que estou na minha cama... Oh well! Fica para uma próxima vez! :P

Para finalizar temos a parte em que eu, mais uma vez, gabo a "minha" Celeste e o "meu" Caló. Lamento, eu já vos considero "meus" e não vos partilho!
Preparem-se porque agora a minha vontade é de "meter-vos no bolso" para que sempre que eu precise de umas dicas vocais + pianista (situação perfeitamente verosímil no meu dia-a-dia) possa ir buscar-vos num instante e pronto, assunto resolvido!

Já estou como o Vitor.... agora cometia uma loucura, despedia-me do meu emprego e ia fazer umas maluquices (de preferência convosco).
Parece que hoje não é o dia!..... :(

terça-feira, 28 de maio de 2013

E para o recital de canto!




Wish me luck!

O que é que isto diz sobre mim?

Estou a escrever este texto com antecedência e a agendar a sua publicação porque a esta hora estarei a preparar-me para entrar em palco e soltar os meus dotes vocais para familia e amigos verem.

Todo o processo de preparação para o recital foi, sem sombra de dúvida, longo e "doloroso".
Claro que, eu, com a minha mania de pensar tudo ao pormenor e querer que tudo seja perfeito, cheguei a um ponto de stress tal que a certa altura já não estava a retirar prazer da situação. Erro crasso!

Este é o momento em que largo as redeas do incontrolável...
Este é o momento em que vou pensar que quero, acima de tudo, divertir-me! É o momento em que me imagino a cantar aquelas duas músicas escolhidas a dedo para mim, dentro do meu vestido lindo e provocante (se sairem umas fotos giras eu publico aqui) e em cima dos meus saltos altos (que ainda não escolhi com toda a certeza mas qualquer uma das hipóteses é deslumbrante).
É a altura em que percebo que quero mostrar-me a quem me rodeia sem receios ou embaraços porque, pura e simplesmente, não há razões para esses sentimentos.
Porque tudo vai ser perfeito mas se não for.... olhem, ninguém morre nem o mundo acaba!
E eu vou continuar a gostar de mim mesma e das minhas maluquices e das maluquices de quem me rodeia (acabaram de me dizer para eu "soltar a franga"... que é a única coisa que falta para eu chegar onde querem que eu chegue)! :)

E agora respondam à pergunta que está no título: o que é que isto diz sobre mim?

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Não posso dizer que te amo... apenas porque tu sabes que eu sei aquilo que eu sei que tu sabes que eu sei. E isso impede que eu te diga que te amo.

Não posso dizer, mas não impede que o sinta. Quero que esse sentimento desapareça mas o certo é que isso não acontece... pelo menos não de um dia para o outro!
Gosto de ti! Demais para amordaçar o que me vai na alma... mas não o posso expressar e isso, às vezes, torna a nossa convivência "estranha", apenas e só porque não quero que sequer desconfies sobre o que me enche a alma.

Não sei verdadeiramente o que sentes. Mas gostava de um dia saber! Será que algum dia mo vais dizer para que eu te possa confessar que houve um dia em que te amei? Será que sabes que esse dia foi ontem, é hoje e será amanhã?
Depois de amanhã será um pouco menos de amor.... e um pouco mais de amizade.

Eu vou fazer para que assim seja! Todos os dias... pouco a pouco!

É assim uma mania que eu tenho!

Já que estou de férias, gostava de aproveitar para dormir mais um bocadinho que o habitual.... e não acordar ainda mais cedo que o normal.

Mas pronto... eu sou esquisita e tenho estas manias!

domingo, 26 de maio de 2013

Tortura

Ás vezes acho que devo gostar de sofrer. Fico no meu canto a olhar os outros de longe... e sofro demais!
Isso não significa que não gosto da minha vida ou que quero que ela seja diferente.
Mas o acto de observar e saber que determinadas situações são impossíveis têm o sabor de tortura... lenta  e dolorosa.
No entanto não sou capaz de desviar o olhar. Tenho a sensação que sou atraída para a dor constante. Tenho a sensação que só essa dor me faz sentir viva.

Tudo isto para dizer que gostava de deixar de olhar para ti ou que, pelo menos, ao olhar para ti não doesse tanto como doi. Vai chegar o dia em que me vou desprender de ti. E nesse dia esta tortura vai acabar.... mas outras virão! Porque a natureza humana é mesmo assim.... feita de dor permanente!

sábado, 25 de maio de 2013

Quem enganou quem?

Hoje fui fazer uma experiência de treino funcional/ PT.

No fim, a PT disse-me "a Sofia está em boa forma física".
Será que a enganei assim tão bem ou foi ela que tentou enganar-me?

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Lição a reter do final de dia de ontem

Conduzir um carro que esteve a tarde toda ao sol enquanto se come bolachas com pepitas de chocolate e se fala ao telemóvel não dá bom resultado!!!! :P

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Uma pessoa tem de aturar cada uma que mais parecem duas!

Oh meu Deus! Dai-me pachorra para aturar esta gente! É que se me dás força isto vai tudo a "eito"...

terça-feira, 21 de maio de 2013

De toda esta polémica sobre a co-adopção por casais homossexuais

Eu percebo e respeito que haja 2 opiniões distintas sobre a questão. Eu tenho a minha própria opinião que me vou escusar de debater aqui porque não é isso que me traz à escrita deste texto.

Tenho lido muitos textos por essa internet sobre o assunto e o que me choca no meio de isto tudo é que pessoas supostamente cultas defendam a posição de homossexual = pedófilo e logo não podem criar uma criança.

A sério minha gente???? E os pedófilos que são heterossexuais? Ah e tal, afinal não são pedófilos? É isso?
E os pais que abusam das filhas durante anos e anos a fio muitas vezes gerando filhos que são ao mesmo tempo seus netos? Ah, isso não tem mal nenhum queres ver?

Francamente! Tenham juízo e larguem esses preconceitos estúpidos que estamos em pleno século XXI!

Um pedófilo é alguém com uma patologia psicológica e que pode ser bissexual, heterossexual ou homossexual. A orientação sexual não define a existência dessa patologia psicológica.

Estamos esclarecidos ou é preciso eu fazer um desenho?

:)

Acabei de contar a uma amiga uma decisão de vida muito séria!
Em resposta ela demostrou o quão contente está por mim..... e eu estou aqui a debater-me com as lágrimas.

Obrigada Joana!

Da minha banda sonora #35

Do meu trabalho

Bom, eu não falo aqui do meu trabalho porque.... enfim, não convém!

Mas agora estava aqui a fazer umas coisas e lembrei-me de uma situação.

No outro dia convoquei um "puto" (sim, quem nasceu depois de 1986 é puto, lamento) para prestar declarações. Ao identificá-lo tive de o questionar sobre o estado civil (agora não vem escarrapachado no CC) e a resposta pronta foi "solteiro e bom rapaz!". Lá fiz a minha cara 31 e segui em frente.

Oh vida! As coisas que uma pessoa tem de aturar!

Da minha banda sonora #34


segunda-feira, 20 de maio de 2013

Da minha banda sonora #33


Contagem decrescente

Esta semana estou em contagem decrescente para o recital no dia 28.... e estou a começar a entrar em pânico principalmente por causa de uma das músicas!

Esta coisa de me "amandar" para o palco e mostrar os dotes vocais completamente a solo tem muito que se lhe diga.
Ainda estou a tempo de voltar atrás?

Pronto, pronto.... eu digo estas coisas da boca para fora. Já sei que (quer corra bem quer corra mal) vou adorar e, no fim, vou ficar desgostosa por ter passado tão rápido!

(também estou em contagem decrescente para uma bela semana de férias.... rezem para que o tempo melhore!)

TU

enlouqueces-me maravilhas-me atrapalhas-me apaixonas-me cegas-me confundes-me. Tu inspiras-me.
Tu tu tu tu tu tu tu tu tu tu tu .....

Quero tanto de ti e tão próximo que anseio que fosses o ar, o chão, as paredes, tudo.

Que tudo o que tocasse fossem os teus braços.
Que tudo o que sentisse fossem os teus lábios.

Como quando fecho os olhos e tudo o que não vejo és tu.
Como quando não durmo e tudo o que sonho és tu.

Contigo não consigo respirar. Sem ti não consigo viver.
Quero estar tão dentro de ti que nem a luz do dia exista para mim.
Quero abraçar-te tanto que todo o mundo colapse e desapareça num pequeno ponto entre os meus braços.

Toca-me com as tuas mãos.
Faz-me desaparecer com a tua pele.
Sufoca-me na tua língua.
Arrasta-me pelo ar com o teu perfume.
Mata-me de vez.

Tu
se fosses chuva, do céu só cairiam pérolas ...
E até o chão gritaria de prazer.

Maria Teresa Horta

Da minha banda sonora #32

domingo, 19 de maio de 2013

Tolerância, respeito, etc.

Sempre me tive como uma pessoa tolerante relativamente às escolhas que os outros fazem para si próprios mas ultimamente tenho descoberto que sou ainda mais tolerante do que alguma vez concebi!

É por isso que me custa (mesmo que seja em ficção) ver atropelos contra a "liberdade de escolha pessoal"... situações que chegam a roçar a falta de respeito pelo próximo!
Tudo isto para dizer que comecei a ver uma série (que não é recente mas que eu não seguia) e quando começo a ver um gajo (nitidamente gay... ou ambíguo, como afirmaram mais à frente) a forçar a  sua orientação sexual num "amigo" (nitidamente hetero) é razão para eu ficar com umas comichões que nem vos digo nem vos conto!

Ok, estamos no campo da ficção.... mas não duvido nada que essas coisas vão acontecendo por esse mundo fora e isso sim deixa-me incomodada. Acredito que cada um é como é e quem nos rodeia tem de nos aceitar como somos, respeitando as nossas escolhas.

Agora imaginem que isso me acontecia.... que me via numa situação em que alguém que eu considerasse "amiga" me tentava assediar de forma "agressiva". Por muito tolerante que eu seja quanto às escolhas dos outros... gosto muito que respeitem a minha própria escolha. Por isso podem ter a certeza que essa pessoa seria imediatamente riscada da minha vida. Há que definir limites... e esse seria o meu!

sábado, 18 de maio de 2013

Eu não tenho culpa!

Hoje foi o dia em que não consegui fechar a minha caixa dedicada aos vernizes.... mas eu não tenho culpa que os meus amigos (como sabem da minha predileção por este artigo) me ofereçam estes miminhos!

Da minha banda sonora #31


I wish I had a quarter of those voices!

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Da minha banda sonora #30


vem que o amor
não é o tempo
nem é o tempo
que o faz
vem que o amor
é o momento
eu que eu me dou
em que te dás

Mas o que se passa?

Ok, eu própria admito que estou diferente, que me sinto diferente.

Aquilo que ainda não me cabe na cabeça é que grande parte das pessoas que se encontram à minha volta reparem nisso de tal forma que produzem elogios constantes à minha pessoa.

Elogios do estilo estás mais bonita, vê-se que és feliz, tens gosto a vestires-te, estás mais aberta, o teu "discurso" é diferente, etc. são coisas que neste momento fazem parte do meu dia-a-dia e que me aquecem o coração.

Mas, mesmo assim, estas coisas ainda me surpreendem quando as ouço de mais uma pessoa diferente e acabam por me "atingir" e desarmar.
Comentar isto com um amigo e ele responder que não compreende como eu fico surpresa com esses comentários também me aquece o coração por demais.

Por isso, o meu muito obrigada a todos vocês que me acompanham nesta luta diária e que reparam no quanto me sinto bem e isso se reflecte em toda a minha vida!

Adoro-vos a todos sem excepção!

Há dias muito inspirados!

E ao ler o que escrevi profissionalmente na passada 3ª-feira (estou a rever o trabalho desse dia) estou a perceber que o passado dia 14 foi um desses dias.
Gosto disso!

Em modo serviço público de divulgação de cultura #26

No fim-de-semana de 24 a 26 de Maio vai acontecer o Imaginarius - Festival Internacional de Teatro de Rua em Santa Maria da Feira.

Aproveitem que eu também o vou fazer! Ahahaha

Whaty?

Como assim hoje é dia 17 de Maio? Como assim SÓ faltam 11 dias para o recital final do laboratório de canto? Como assim acabam as aulas com a "minha" Celeste?

Nãaaaaaaaaaaoooooooooo!

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Once upon a time

Once upon a time......

A imaginação vagueia e traz-nos a mundos "diferentes". Mundos que não existem em mais lugar nenhum a não ser dentro das nossas próprias cabeças. Mundos onde eu sou eu e tu és uma pessoa diferente. Ou então eu é que sou a pessoa diferente e tu és simplesmente tu!
Mundos onde somos o que queremos.... sem imposições nem restrições da sociedade. Iguais ou diferentes, não importa!

Eu quero viver nesse mundo "diferente" e não neste onde tudo o que foge do que é "normal" é catalogado e desprezado. Remetido para aquela prateleira onde não se toca, não se fala, não existe,....
Eu quero viver no mundo onde não há violência (seja de que tipo for) contra o próximo (tome ele a forma que tomar), onde todas as opiniões/ religiões/ orientações sexuais/ whatever são respeitadas.

Mas eu sei que esse mundo só existe na minha imaginação. Eu sei que tudo o que fazemos é observado e criticado por quem nos rodeia mas mais ninguém tem que opinar sobre as nossas decisões! Ninguém, a não ser nós próprios, vai definir se queremos estar juntos ou separados. Recuso qualquer rótulo que nos queiram dar! E quero viver nesse mundo onde não há rótulos.

Eu vou viver nesse mundo! Eu recuso-me a ser rotulada! Eu recuso-me a que os outros me critiquem.... e gostava que viesses comigo para encontrarmos a felicidade plena da forma que melhor entendermos.
Por isso, ofereço-te a minha mão para que a agarres e me acompanhes nesta viagem.
Vens comigo?


Look que me assenta na perfeição #2

Look que me assenta na perfeição #1

E lá vai mais uma rubrica... Ultimamente tenho visto uns looks (maioritamente da Mango) que me assentam na perfeição. E agora decidi partilhar convosco!

Da minha banda sonora #28

sábado, 11 de maio de 2013

Mundo

E há um motivo muito claro para aqui estar. (...) Contudo, se olhar para o caso do ponto de vista inverso, posso dizer que é a única razão para este mundo estar dentro de mim. Talvez seja um paradoxo, como uma imagem que se reflecte infinitamente num par de espelhos, um à frente do outro. Faço parte deste mundo, e este mundo faz parte de mim.

1Q84#3 de Haruki Murakami

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Merda de país!

Merda de país que "obriga" quem gostamos a ir-se embora!!!
Agora fiquei chateada, triste e tudo o mais que vocês quiserem.

Em modo serviço público de divulgação de cultura #25

8ª edição Festa na Baixa (FNB) - Porto



22 a 25 de maio | Hora: Em função dos eventos (em programação) | Locais: Baixa da cidade do Porto. Eventos no exterior e no interior (de acordo com os Parceiros que aderirem ao Evento – em programação)

A Festa na Baixa (FNB) promovida pelo CNC - Núcleo do Porto, tornou-se já num evento à escala de toda a baixa da Cidade do Porto. O seu perfil diversificado nas variadas expressões culturais, na proximidade dos cidadãos no seu quotidiano urbano, nas ruas e nas praças, nos cafés e em muitos estabelecimentos culturais e institucionais e, até, comerciais faz da FNB um acontecimento especial que é acolhido e correspondido com extrema simpatia. Se mais não bastasse, a atestá-lo está o facto de mais de uma centena de entidades aderir cada ano contribuindo na sua especificidade para o programa desde a bebida no bar, à extensão do horário de abertura sem esquecer a cedência de espaços e outros recursos para a execução do programa. A FNB conta com a colaboração da CMP e de outras instituições públicas e privadas congregando adesões de atores na cidade, membros da comunidade da cultura e outras que entendem a relevância da cultura na animação da Baixa. O  CNC Porto procura, assim, contribuir modestamente para a vivência do centro da cidade promovendo espaços, locais, monumentos e instituições num tempo forte de 4 dias de celebração da cultura de forma simples e de proximidade. 
Os eventos promovidos pelo Centro Nacional de Cultura – Núcleo do Porto (CNC Porto), entidade organizadora, são todos de entrada livre. Os restantes, promovidos pelos Parceiros, podem ser de entrada livre e/ou com marcação prévia ou aquisição de bilhete (depende dos eventos – em programação).

O programa completo está disponível em www.issuu.com/cncporto e as fotografias/notícias em www.flickr.com/cncporto

Em modo serviço público de divulgação de cultura #24

Recitais Ciclos de Música

Janeiro a junho de 2013 | Vários espaços municipais | Entrada Livre (até ao limite da lotação das salas)

Museu Romântico da Quinta da Macieirinha 
«Novos Cantos, Novas Cartas» | Rua de Entrequintas, 220 | 17h30
Programa
13 de abril
José Corvelo – Barítono | João Queiroz – Piano
Leituras*
11 de maio
Job Tomé – Barítono | Serghei Covalenco – Piano
Leituras*
8 de junho
Paulo Ferreira – tenor | Arminda Odete Barosa – Piano
Leituras*
*(excertos das «Cartas Portuguesas» de Soror Mariana Alcoforado e das «Novas Cartas Portuguesas» de Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa)
Mais info: www.cmsilvamonteiro.com

Teatro do Campo Alegre«Novos Talentos em diálogo com Rute Pimenta» | Rua das Estrelas s/n | 22h00
Programa
25 de abril
Ana Ferraz – Flauta
Flávia Valente – Flauta
Tomás Matos – Piano
31 de maioAna Rita Oliveira – Flauta
Manila Santini – Piano
21 de junhoFernando Costa – Violoncelo
Luis Costa – Piano
Mais info: www.tca-porto.pt | www.cmsilvamonteiro.com

Quinta de Bonjóia«À descoberta da Música e dos seus Intérpretes» | Rua de Bonjóia, 185 | 17h30
Programa
27 de abril
Orquestra de guitarras
Curso de Música Silva Monteiro
25 de maio
Bolo de Arroz
Porta 27 – Companhia de Teatro
22 de junhoHistória do Tango
André Gamelas – Violino
Francisco Berény – Guitarra
Oscar Rodrigues – Guitarra

Palacete Visconde de Balsemão«Um Recital e Uma Obra de Arte» | Praça Carlos Alberto, 31
Programa
6 de abril
Sara Braga Simões – Canto
Hélder Barbosa – Clarinete
Luisa Caiano – Piano
Eugénio Amorim – Comentador
4 de maioJaime Alvarez – Contrabaixo
Álvaro Teixeira Lopes – Piano
Ricardo Vilares – Comentador
1 de junho
Lusitanae Ensemble/ CMSM (dedicado ao Dia Mundial da Criança)
Eugénio Amorim - Comentador
Uma organização da Câmara Municipal do Porto através do Pelouro do Conhecimento e Coesão Social e do Curso de Música Silva Monteiro

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Hoje


Hoje queria estar contigo. Só contigo e com mais ninguém. Hoje queria tocar a tua face e perceber que existes na minha vida e não és apenas um sonho que construí.
Hoje queria ouvir a tua voz. Queria que estivesses aqui ao meu lado e que me apaziguasses.

Mas isso não pode acontecer hoje. Porque estás longe e eu não te quero afugentar ainda mais.

Hoje vou estar quieta no meu canto apenas a pensar em ti. Porque apesar de querer apenas pensar em mim mesma, por vezes tenho uns desvarios em que tu és a pessoa que habita no meu pensamento.
E depois... depois deixo-te fugir outra vez e permito-me o completo egoísmo.

Mas hoje não é um dia egoísta. Hoje o meu dia é teu e tu nem imaginas que é assim!

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Mas, mas, mas,....

Neste preciso momento gostava que vissem a minha cara de espanto e que ouvissem os meus queixumes!

Só consigo dizer "mas, mas, mas.... como é que isto aconteceu?".

Bom, o certo é que a "minha" Celeste mandou-me cantar... eu cantei.... e depois mandou-me sentar com um sorriso no rosto e uns polegares direccionados para o tecto!

Eu estava tão aflita (não sei porque raio é que eu hoje tremia como varas verdes) que nem me apercebi que ela não me fez o mínimo reparo à minha performance nem me mandou repetir a música. Como é que isso é possível?????

Vou só ali tentar recordar-me do que fiz e já vos transmito as minhas conclusões.... ou então não!

Da minha banda sonora #26

Viver com menos!

Tento por base este artigo, concordo plenamente que viver com menos é mais! E estou no caminho para atingir esse objectivo. Tendo como ponto de partida a listagem do artigo vou transpor para a minha própria vida.

Microondas - ainda não me consegui "desfazer" deste objecto. Acho que o problema maior é mesmo viver sozinha e acabar por fazer sempre comida a mais que acaba por, invariavelmente, ser aquecida no microondas. É um ponto a trabalhar!

Iphone, ipad, ipod - check, check, check! Nenhum desses aparelhos habita por estes lados. Nem os "originais" nem as versões sem maçã. Tenho um telemóvel que serve para fazer chamadas e mandar sms's (e que de vez em quando tira umas fotos). Nem sequer o uso para ligar à internet.... e olhem que sou viciada nesta coisa! (mas a isso chegaremos mais à frente) Neste momento, e por questões profissionais, há mais um telemóvel dentro da carteira... mas confesso que ter 2 aparelhos semelhantes dentro da carteira me faz muuuiiita confusão!

Relógio de pulso - eu era a "menina" do relógio... ora há cerca de 2/3 semanas a pilha do meu relógio de pulso acabou e ainda não a fui trocar! Nesse tempo acho que coloquei relógio 3 vezes (porque o outro relógio que tenho não é neutro e por isso menos prático de usar) e de resto não me tem feito grande falta (2 telemóveis na carteira fazem bem a vez do relógio de pulso)

TV por cabo - ora se disser que nem sequer tenho TV (o aparelho mesmo) em casa acho que digo tudo, não? Em contrapartida sou completamente viciada em internet e, sempre que estou em casa, a net tem de estar ligada.... mesmo que não esteja a fazer nada!

Máquina de café de cápsulas - Mea culpa! Aqui tenho mesmo de me repreender.... podia ter comprado outro tipo qualquer de máquina? Podia..... mas eu gosto tanto do café deste tipo de máquina. Com uma camada espessa e saborosa de espuma. HUmmmmmmmmmmmm!

Chaleira eléctrica - Nops! Nem sequer consigo perceber o propósito deste aparelho.

Bimby e afins - Olha outro! Ainda ontem fiz uma comidinha boa e saborosa apenas com a minha imaginação, tacho e fogão.... não preciso cá de robots para me fazerem a comida! Além de que, assim a comida sabe ao que eu quiser em vez de saber tudo ao mesmo!

Aparelho nos dentes - Aqui me confesso..... uso aparelho amovivel durante a noite! Ajuda-me a ter os dentes direitinhos e a não fazer asneiras com os maxilares!

GPS - costumo dizer que já vim com GPS incorporado! Basta-me passar num sitio uma ou duas vezes e é ver-me feliz e contente a ir direitinha ao sitio sem grandes desvios ou enganos! (quando não sei o caminho, vou ao google maps, imprimo o mapa com o caminho e, por norma, não tenho grandes problemas em chegar onde quero).

Cortinados e Tapetes - nem um nem outro! Minto, tenho tapete na casa de banho.... e os cortinados que estão lá em casa já se encontravam lá quando a arrendei!

Grande quantidade de roupa - ok, tenho bastante roupa (o ano passado no Verão estive um mês a vestir roupa diferente todos os dias porque meti na cabeça que queria saber quanto tempo me durava usar toda a roupa que tinha no armário)...... mas mais do que isso, sei que tenho uma quantidade exagerada de carteiras! Mas caraças! Também não querem que eu faça um voto de pobreza pois não?

Ler em modo suspiro!

Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!

Em modo serviço público de divulgação de cultura #23