quinta-feira, 7 de março de 2013

Do peso ou da falta dele

Durante a hora de almoço chamei uma colega de trabalho para ver uma coisa no meu computador.

Na parede ao lado do computador, tenho uma foto que foi tirada há pouco mais de 2 anos quando mudei de local de trabalho.
A minha colega apenas apontou para o meu eu anterior e olhou para mim. Não foi preciso mais para eu perceber o que ela queria dizer.

Neste momento estou muito diferente daquela pessoa que está representada nessa foto. Tenho menos uma série de quilos (nem vou dizer quantos) e o rosto está diferente. Ás vezes olho para fotos dessa altura e anteriores e eu própria não me reconheço.

Em 1º lugar, como foi possivel eu chegar àquele ponto? Estava com um peso exagerado para a minha estrutura física e tinha noção disso. Tentava emagrecer e nada parecia fazer efeito.
Em 2º lugar, como é que cheguei ao ponto em que estou agora? Este ponto eu sei como foi e não me orgulho absolutamente nada.... Nervos, muitos nervos. Que ainda por cima vieram acompanhados com uma falta de apetite tal que eu quase que me obrigava a comer 2 folhas de alface e ficava cheia. Fui combatendo isso conforme pude porque sabia que tal não era saudável.

Neste momento o meu desejo relativamente a essa questão é: tentar engordar 1/2 quilos para ficar no meu peso ideal e ficar por aí! Sim, porque também tenho consciência que agora estou demasiado magra para o meu eu "normal" e isso não é o desejável.

Sem comentários:

Enviar um comentário