sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Polvo

Há pessoas que mais parecem polvos do que pessoas.

Quando achamos que estamos a agarrar um bracinho... lá se safam com uma astúcia digna de um ser escorregadio.

Mas eu às vezes também tenho uns raios de esperteza.... e já percebi quais são os momentos e a intensidade certos para pegar nos polvos desta vida.

Aos bocadinhos eu hei-de chegar a bom porto!

Sem comentários:

Enviar um comentário