sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013


Não gosto de saber que os que me rodeiam ficaram "sem chão". Parece que eu própria fico "sem chão".

Agora é colocar um sorriso nos lábios e tentar ajudar um bocadinho. Pode não ser o suficiente mas pelo menos vou tentar!

Sem comentários:

Enviar um comentário