sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Sinto-me bem!

É impressionante como as nossas atitudes dependem tanto da forma como nos sentimos.
Durante muito tempo, eu não me sentia bem na minha própria pele, logo era muito difícil reconhecer que os outros pudessem estar mal e ajudá-los.

Neste momento sinto-me tão bem comigo própria (embora tenha plena noção que sou um work in progress) que reconheço quando os outros não estão bem e lanço-lhes um braço e ombro amigo para tentarem ultrapassar. E estou a falar de pessoas que estou a conhecer neste momento.
Provavelmente é o meu tal lado maternal que está mencionado no post anterior...

Mas uma coisa é certa, é mais uma coisa que gosto em mim!

Sem comentários:

Enviar um comentário