quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Lavar a alma!

E quanto te dás conta que precisas de lavar a alma... o que fazes?

Colocas no papel o que te atormenta?
Percorres sozinha os caminhos que conheces como a palma da tua mão?
Mergulhas no oceano revolto?
Procuras as respostas simples da vida nos olhos dos outros?
Admiras a placidez resplandecente do amor de quem te rodeia?
Olhas-te a ti própria no espelho?

Será que alguma destas acções te ajudam a restaurar a paz de espirito que necessitas? Ou será que tudo isto é apenas uma fachada que não consegues desmontar?

Queres mostrar aos outros que estás verdadeiramente bem mas tudo o que consegues permear para fora do teu corpo é uma mentira.
Todos os sorrisos, as gargalhadas, os olhares que se cruzam e que parecem verdadeiros.... tudo isso é uma mentira!

Apenas e só porque ainda não conseguiste lavar a tua alma! Porque todas as acções que tomaste não foram suficientes...

Tentas dar a volta. Queres dar a volta. Mas nada do que fazes acalma essa bola de fogo que tens dentro de ti e que te queima por dentro.

Mais ninguém vê. Mais ninguém sonha. Mais ninguém...

E tudo o que fazes é seguir com a tua vida. Sonhando com o dia em que consegues lavar a alma e apaziguar o espirito.

2 comentários:

  1. Vá, precisas de uma máquina de lavar almas?
    Vou procurar no catálogo online da Worten :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se encontrares uma baratinha avisa!
      ah! e uma de lavar roupa também dava jeito! :P

      Eliminar