sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Olhar ao espelho

Olhar ao espelho e não reconhecer a pessoa refletida. Pensar que a minha cara sempre foi redonda e hoje tenho maçãs de rosto definidas e, em certas expressões, quase que faço "covinhas".

Olhar ao espelho e ver uma luz que não existia antes. Um brilho no olhar e um sorriso na boca que só pode ser sinal de uma coisa... sou feliz!

Como pude descurar-me durante toda a minha vida? Porque tiveram de me "destruir" para eu surgir das cinzas... qual fénix renascida!

Tudo tem o seu tempo e este é o meu!

Sem comentários:

Enviar um comentário