sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Gostava...

Gostava de estar em modo “escrita”. Que é como quem diz, gostava de conseguir colocar no papel (ou no ecrã do computador) o que sinto, o que me inquieta.
Gostava de conseguir tirar este peso que tenho no coração.

 Em vez disso, só escrevo parvoíces e futilidades. Lá há-de vir o dia....

13 comentários:

  1. Olha, faz como eu, escreve sobre a minha testemunha a dizer "especificidade"...
    Aliás, a tentar dizer :P (sou mesmo mázinha)

    ResponderEliminar
  2. Sim... eu confirmo, és muito má! :P

    ResponderEliminar
  3. Será que hoje vou ter mais alguma peripécia?
    Para além do senhor da manhã?

    ResponderEliminar
  4. Tu tens sempre peripécias! :P Tens algum inquirição? Se sim, é garantido que alguma coisa vai acontecer...

    Mas antes de "gozares" verifica o dicionário! (qq dia ainda vamos descobrir o que são os catógrafos)

    ResponderEliminar
  5. Escreve num papel e depois passa para aqui... Tens de libertar as energias negativas, vai para a noite e dança até não poderes mais... Canta em altos berros...

    ehehhehehe

    Kiss**

    ResponderEliminar
  6. Ahahah!

    Fiz a semana passada... remember? :D

    ResponderEliminar
  7. E então, fazes esta semana também... Tens de espalhar charme...

    ehehehheheheh

    Kiss**

    ResponderEliminar
  8. Esta semana tenho de guardar a voz para o recital de 2ª-feira... :)

    ResponderEliminar
  9. Então vai dançar, espalhar a magia...

    ehehheheheh

    Kiss**

    ResponderEliminar
  10. Só depois de escreveres sobre as parvoíces e futilidades é que vais conseguir escrever sobre o que vai mesmo na alma.

    Jinhos.

    ResponderEliminar